quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Insanidade

Olá, Amelitas!
Notícia triste:
Nossa, hj li uma reportagem e fiquei horrorizada com tamanha crueldade feita com crianças e mulheres. É a Mutilação Genital Feminina (MGF). Vcs acreditam que 97% das egípcias sofrem a MGF?  A genitália feminina é mutilada por uma faca, sem anestesia e normalmente costurado com uma agulha. O fato já é uma atrocidade e para piorar normalmente é feito sem nenhuma técnica de assepsia e antissepsia. Todo dia, (sim, eu disse TODO DIA) 8.000 meninas passam por esse ritual triste e doloroso. Existem crianças com menos de 5 anos que passam por isso sem nem ao menos saberem pq!!!!Assim, do nada, pq o  Conselho dos Estudos Islâmicos se pronunciou contra a barbaridade. No Egito e em Uganda, infelizmente, é considerado um ritual divino!!!Imagina, se Deus apoiaria uma loucura dessas! E o pior, é que a gnt aqui mal sabe disse ou ao menos nem imagina a "intensidade" que essa insanidade é cometida! Olha um trecho da técnica:

"Há três tipos de corte genital feitos para a circuncisão feminina. Na clitoridectomia, parte do clitóris é removida. Na excisão ou extirpação, são retirados o clitóris e os pequenos lábios da vagina. O tipo mais cruel é a infibulação: após a retirada do clitóris e dos pequenos lábios, os grandes lábios da vagina são cortados ou raspados. Para a cicatrização, os dois lados da área lesionada são mantidos grudados por meio de pontos cirúrgicos ou amarrando-se as pernas da mulher. A cicatriz formada cobre os lábios e a maior parte do orifício vaginal, deixando apenas uma pequena abertura para a passagem da urina e do sangue menstrual. Essa prática produz um estreitamento da vagina que torna a penetração extremamente dolorosa, quando não impossível."
A foto abaixo é de uma menina com apenas 9 anos e que está com as pernas amarradas para ajudar a cicatrizar!!!


Sei que é díficil  mudar valores tão arraigados mas se não começarmos, o mundo continuará do jeito que está. Convido vcs a se informarem melhor, a contestarem essa atrocidade cmg , pq acredito que enqto houver alguém derramando uma lágrima no mundo, não existirá a felicidade plena. Não sei dormir em paz sabendo que existe um inocente no mundo sofrendo e eu ali, sem fazer nada. É claro que a gnt não tem como se mudar pra África, Oriente Médio e Ásia e fazer manifestações a favor dos direitos humanos mas podemos daqui pressionar as autoridades para um esclarecimento cultural melhor para esta população que sofre com sua própria ignorância. Afinal, poderia ser eu, poderia ser vc, poderia ser SUA FILHA. Bastaria apenas, termos nascido num local desses!


OBS: Uma ex modelo africana passou por isso e fugiu aos 13 anos de idade. Ficou famosa como modelo, tem uma ONG que ajuda essas meninas (msm que de forma tímida ainda, já temos um início de uma mobilização). Quem quiser, pode fazer uma doação do valor que puder, para ajudar essas meninas/mulheres. Waris Dirie escreveu um livro que se tornou filme. O nome é "A Flor do Deserto" e o site dela é http://www.waris-dirie-foundation.com/en/ 

Um beijo a tds Amelitas e aguardo comentários de tds vcs que passam por aqui!!!

4 comentários:

Ana Paula disse...

nossa, um absurdo ne.. temos que nos mobilizar pra acabar com essa atrocidade...ja basta as hostilidades existentes contra as mulheres....um crime como este deveria ser rigorosamente punido...
bjs

Aline disse...

nossa fiquei transtornada, é um absurdo isso!!!

Vivian Ingrid disse...

Nossa! Fiquei apavorada agora! Absurdo total!

Jujju ♥ disse...

É incrível como ao redor do mundo todo vemos essas atrocidades cometidas contra as mulheres (neste caso meninas, crianças inocentes...)

Infelizmente, a maioria das culturas tem base machista e os casos de violência contra a mulher são repetida sem a menor racionalidade...

É dificil ser plenamente feliz, sabendo que há pessoas sofrendo no mundo... parabéns pela sua iniciativa e pela sua sensibilidade...

bjos

Postar um comentário